Planejamento Estratégico

Blog sobre Planejamento Estratégico Orientado a Resultados

Neste site você irá encontrar um amplo acervo de informações sobre Administração e Gestão. Você irá conhecer os principais modelos, métodos e teorias administrativas. Abaixo você pode conhecer os temas trabalhados, e os últimos artigos publicados de cada área Abaixo você pode conhecer os temas trabalhados, e os últimos artigos publicados de cada área.

Elaborando Indicadores – Valores na Estratégia

O que são

São ideias fundamentais em torno das quais se constrói a organização. Representam as convicções dominantes, as crenças básicas, aquilo em que a maioria das pessoas da organização acredita. Os valores permeiam todas a atividades e relações existentes na organização e da organização com os clientes.

Os valores descrevem como a organização pretende atuar no cotidiano enquanto busca realizar sua visão.

Para que servem

Os valores constituem uma fonte de orientação e inspiração no local de trabalho. São elementos motivadores que direcionam as ações das pessoas na organização, contribuindo para a unidade e a coerência do trabalho. Sinalizam o que se persegue em termos de padrão de comportamento de toda a equipe de colaboradores na busca da excelência.

Para que os valores sejam fonte de orientação e inspiração no local de trabalho, eles devem ser aceitos e internalizados por todos na organização.

Exemplos de Valores

1. Excelência – valorizamos nossos clientes com o fornecimento de qualidade e excelência em tudo aquilo que fazemos e pelo modo como o fazemos.

2. Inovação – buscamos e incentivamos formas apropriadas para a solução de problemas, e soluções inovadoras que frutifiquem em resultados para nossos clientes e resolvam nossos desafios organizacionais.

3. Respeito pelo Indivíduo – respeitamos a dignidade e os direitos de cada pessoa dentro da organização.

4. Participação – trabalhamos em equipe, e cada pessoa contribui no limite de sua participação nas atividades da organização.

Outros exemplos de valores defendidos por outras organizações:

Parceria – valorizamos o trabalho em parceria, considerando cada parceiro como nosso cliente.

Serviço ao Cliente – prestamos aos nossos clientes um serviço melhor do que o de qualquer outra organização pública do país.

Igualdade – proporcionamos oportunidades iguais a todos os colaboradores.

Transparência – orgulhamo-nos de ter uma comunicação aberta e honesta.

Criatividade – apoiamos a criatividade e inovação individuais.

• Centrais Elétricas do Norte do Brasil S.A. (Eletronorte)

Justiça, respeito, igualdade, liberdade, amor, legislação, integridade, honestidade, responsabilidade, comprometimento, moral, ética, entusiasmo, determinação e motivação.

• Unidade de Função Crédito – UF CRÉDITO do Conglomerado do Banco do Brasil

Integridade de caráter; lealdade, urbanidade; observância das normas legais e regulamentares; disciplina; zelo; dedicação; respeito aos costumes da comunidade.

Dicas

Lembrar que as crenças e as convicções fundamentais, defendidas pela organização pública, devem estruturar-se em torno de alguns poucos valores básicos:

• Convicção de ser a melhor;
• Convicção da importância de seu patrimônio humano;
• Convicção da qualidade do serviço que presta;
• Convicção da criatividade e do espírito inovador e solucionador de problemas e seus colaboradores;
• Convicção de prestar um serviço de relevante interesse social.




Elaborando Indicadores – Visão Estratégica

O que é

A visão estratégica da organização expressa a percepção que ela tem do seu passado, do seu momento atual e do direcionamento do seu futuro.

Por meio dela, a organização expressa o conhecimento que tem de si mesma: seus êxitos, seus fracassos, suas potencialidades, suas limitações, suas certezas e os caminhos que pode e quer percorrer. A visão dá forma e direção ao futuro da organização, uma vez que mostra onde ela está e aponta aonde ela quer chegar.

Esse conhecimento é fundamental para que a instituição possa se organizar para alcançar resultados cada vez melhores, de modo consistente e sustentável. Sem o conhecimento do caminho percorrido e de sua situação atual, é difícil para a organização definir aonde quer chegar e como pode chegar lá.

Para que serve

A visão estratégica dá unidade aos esforços que a organização realiza para melhorar a qualidade dos produtos e serviços que presta. Cria condições para a transformação de ideais em realidade. Permite que todos os esforços que a organização realiza, em qualquer área tenham unidade e sejam coerentes com o objetivo de obter um desempenho superior.

A falta de visão começa no topo. Se os colaboradores não mostrarem um senso de valores defendidos, missão, visão de futuro e fatores críticos de sucesso é porque os líderes não possuem nenhum desses elementos ou não conseguem comunicá-los adequadamente. A falta de visão do quadro de servidores e gestores pode ser explicada também por um gerenciamento inconstante, pelo excesso de novidades. Em todos os casos, o papel da liderança é fundamental.

A partir da visão estratégica (conjunto de valores, missão, visão de futuro e fatores críticos de sucesso) a organização tem condições de elaborar o seu plano de suporte estratégico, que envolve a definição das estratégias, metas, planos de ação e responsabilidades (quem faz o quê, quando e como) num determinado período (2 a 5 anos).

Como fazer

A construção da visão estratégica da organização passa pela análise e reflexão sobre a qualidade dos serviços que a instituição presta aos seus clientes externos e internos. Implica a análise cuidadosa (análise situacional) de sua situação atual.

Para construir essa visão estratégica a organização deve, mediante um esforço de reflexão e análise:

a) Identificar o conjunto de valores que permeiam todas as atividades e relações que ocorrem na organização, ou seja, explicitar as crenças e convicções que defende;

b) Identificar sua missão, isto é, qual é o seu propósito;
c) Definir sua visão de futuro, isto é, o que deseja ser no futuro, suas aspirações;

d) Estabelecer seus fatores críticos de sucesso, isto é, aqueles objetivos gerenciais que são indispensáveis para o cumprimento da missão e alcance da visão de futuro.

A Figura abaixo apresenta os componentes da visão estratégica da organização. Nas próximas seções será explicado como ela é elaborada.

Visão Estratégica

Visão Estratégica

Dicas

Para uma boa definição da visão estratégica da organização é importante considerar os seguintes pontos:

a) Que tipo de organização se deseja?
b) O que se quer que as pessoas falem da organização como resultado do trabalho conjunto?
c) Quais valores são importantes para a organização?
d) De que modo essa visão representa os interesses dos clientes da organização e os valores que o quadro de colaboradores (servidores e gestores) defende?
e) Como será a organização quando se atingir essa visão?

O enunciado da visão estratégica da organização deve ser:

a) Claro;
b) Envolvente;
c) Fácil de memorizar;
d) Compatível com os valores da organização;
e) Ligado às necessidades dos clientes;
f) Visto como um desafio, ou seja, difícil mas não impossível.




Elaborando Indicadores para a Implementação do Planejamento Estratégico

“Não se gerencia o que não se mede, não se mede o que não se define, não se define o que não se entende, não há sucesso no que não se gerencia”.
William Edwards Deming

Uma organização voltada para resultados apresenta uma integração profunda de todos os sistemas organizacionais em torno de especificações de resultados relativos à organização no seu todo, especificações de resultados relativos às unidades que constituem a organização, e especificações de resultados relativos a todos os gestores individuais.

São as seguintes as principais características desse tipo de organização:

• Conta com uma especificação dos resultados a atingir;
• Dispõe de uma estrutura organizacional que permite atingir os resultados especificados;
• Existe uma clara compreensão, por parte de todos os gestores, do significado dos conceitos de resultados, eficiência e eficácia;
• Há uma integração dos sistemas-chave com o conceito de resultados;
• Ocorre uma articulação entre os resultados da organização, das suas unidades e dos gestores individuais;
• É capaz de responder de maneira flexível para atingir os resultados;
• Cria um modo próprio de lidar com os resultados, resistindo a copiar os dos outros.

Um elemento essencial na gestão com foco em resultados é o uso de indicadores de desempenho institucional no processo de tomada de decisões.

Neste bloco de artigos: “Elaboração de Indicadores de Desempenho”: Elaborando Indicadores no Processo de Planejamento Estratégico vamos aprender como se elaboram os indicadores de desempenho no processo de implantação do planejamento estratégico. Os indicadores estratégicos – como são conhecidos – são gerados a partir da definição da visão estratégica da organização, isto é, da definição dos valores, missão, visão de futuro e fatores críticos de sucesso (FCS).




Conheça os erros comuns de implementação de ERP e veja como evita-los

Implementar um sistema de ERP não é uma tarefa fácil e exige planejamento, disciplina e envolvimento de toda a equipe. Selecionamos neste artigo alguns dos erros mais comuns na implementação de ERP nas grandes empresas e dicas práticas para solucionar estes problemas. Confira:

Falta de planejamento

Planejamento é absurdamente necessário para que um projeto de implementação de ERP tenha sucesso. Eventualmente a equipe de TI e os gestores da empresa vão ficar confusos sobre quais bancos de dado vão integrar e quais tipos de informação serão medidas ou cortadas fora.

Solução: montar uma equipe de auditoria interna antes da escolha do sistema ERP. Esta equipe deve ser composta pelos gerentes mais experientes da equipe ou também pode ser terceirizada para a equipe de suporte do sistema de ERP, que você busca instalar.

Não entender as principais features do sistema

Milhares de empresas investem ano após ano em sistemas erp sem saber ao certo quais ferramentas podem utilizar para otimizar a gestão de suas empresas. Neste cenários se perdem dezenas de processos de negócio que poderiam ser automatizadas.

Solução: criar duas listas, uma com as principais demandas da empresa e outra com as principais ferramentas do sistema ERP. Desta maneira você organiza por prioridade quais deve implementar primeiro, e pode analisar posteriormente a quantidade de uso de cada ferramenta e seus respectivos indicadores de desempenho em relação a demanda da empresa.

Não investir em treinamento e gestão

Deixar de capacitar sua equipe para avanços e inovações nos setores de tecnologia, produtividade e gestão. Esta falta de treinamento deixa seus colaboradores ainda mais distantes dos processos que envolvem o sistema de ERP, ou em outras palavras, diminui drasticamente as chances de que o sistema seja utilizado da maneira correta.

Solução: busque maneiras de deixar os seus colaboradores mais à vontade com a implementação e adoção de novas ferramentas antes da implementação do sistema ERP.

Não buscar suporte de terceiros

Suporte de clientes deveria ser uma ciência exata, mas infelizmente não é. Pode acontecer da equipe suporte de um sistema erp não dar conta de um serviço e você pagar muito dinheiro por uma solução que é apenas aparentemente eficaz.

Solução: Esteja aberto para contratar uma solução de terceiros. Consultores experientes e que já trabalharam com dezenas de sistemas ERP podem trazer uma visão mais eficaz para o seu negócio.

Para mais dicas de informações sobre sistemas erp acesse: http://sistemaserp.org


Categoria: Artigos | 06.outubro.2014 | sem comentários | Comentar



Franquias baratas: 4 sinais de você encontrou uma grande oportunidade de negócio

Quando você sabe que encontrou uma grande oportunidade para comprar uma franquia? Estes 5 sinais te darão as pistas concretas para você separar as melhores ideias de franquias baratas e encontrar oportunidades reais de negócio! Confira:

1.Crescimento do Mercado

Qual é o crescimento potencial da indústria em que você vai investir? Alguns franqueados providenciam estudo de mercado de suas industrias mas não utilize somente estes números. O ideal é fazer sua própria pesquisa, levando em conta as oportunidades de crescimento dentro da sua cidade e bairro.

Franquias de comida saudável podem estar em alta mas se na sua vizinhança já existem diversos restaurantes explorando este nicho, é certo que esta não é uma boa oportunidade para você

2. Crescimento das Franquias

Busque observar se o número de franquias da rede que você pensa investir está aumentando ou diminuindo. Este é um excelente sinal para entender se há demanda no mercado e se os franqueadores dão o suporte correto para a expansão das franquias.

Outra vantagem das franquias é começar “do zero” com uma marca que as pessoas já confiam. Se o número dessas franquias é elevado, mais chances a franquia tem de ser reconhecida nacionalmente e passar ainda mais confiança para o seu negócio.

3. Alto suporte do seu franqueado

Que tipo de treinamentos o franqueador oferece para seus franqueados? Quanto tempo dura estes treinamentos? Existe um plano de metas customizado para cada novo franqueado?

Até mesmo uma pequena franquia pode se tornar uma excelente oportunidade de negócio no momento em que existe uma grande assistência por parte do franqueador.

4. Bom sistema de publicidade

 

Que tipos de programas de marketing e publicidade o franqueador investe? Como está sua publicidade em relação aos concorrentes? Ele tem utilizado das redes sociais, marketing de guerrilha e outras formas inovadoras para divulgar sua franquia?

A visão de marketing de um franqueador pode levar toda sua rede às alturas e também ao fracasso. Se você não é bom o bastante em publicidade, seu cuidado deverá ser ainda maior pois é bem provável que você vá replicar muito do que o franqueador já tem de pronto sem saber qual será o verdadeiro impacto dessas ações.

Abra o Google e pesquise se o nome da franquia aparece em sites de notícias locais e em blogs. Isso vai apontar se a franquia possui uma boa equipe de assessoria de imprensa e relações públicas. Busque também nas redes sociais como Facebook e twitter. A franquia possui canais atualizados semanalmente? Ela interage com o público e adere às sugestões propostas? Isso aponta se ela oferece algum tipo de suporte para gestão de redes sociais.


Categoria: Artigos | 27.setembro.2014 | sem comentários | Comentar



Página 1 de 1812345...10...Última »