O que são indicadores de desempenho? Entenda a importância e confira 7 exemplos



Indicadores de Desempenho

Você sabe o que são indicadores de desempenho?

 Saber se o seu modelo de negócio está indo bem em diferentes aspectos é um dos maiores desafios que empreendedores de segmentos variados costumam enfrentar.

Afinal, o sucesso de uma empresa vai muito além do que o bom desempenho nas vendas. Na verdade, tudo funciona em cadeia; isso significa que o bom ou mau desempenho em uma área pode impactar em outra.

Sendo assim, é importante procurar ter uma visão mais ampla sobre a performance da empresa.

É para isso que existem os indicadores de desempenho. Eles podem te ajudar a ter maior controle sobre as metas de negócio para alcançar resultados cada vez mais satisfatórios em todos os setores.

Continue a leitura deste conteúdo para entender o que são indicadores de desempenho, por que é importante acompanhá-los e alguns exemplos práticos você pode implementar na sua empresa:

  1. Faturamento;
  2. Market share;
  3. Ticket médio;
  4. Lifetime Value (LTV);
  5. Custo de Aquisição de Clientes (CAC);
  6. Retorno sobre Investimento (ROI);
  7. Satisfação de clientes.

O que são indicadores de desempenho?

Podemos definir o que são indicadores de desempenho como ferramentas de gestão que ajudam gestores e empresários a mensurar os resultados de esforços em direção a metas e objetivos relevantes para a empresa.

Tratam-se de instrumentos que possibilitam fazer análises de caráter quantitativo e qualitativo sobre diferentes áreas do negócio. Os indicadores mostram a eficácia e a eficiência das estratégias adotadas para alcançar os resultados pretendidos.

Os indicadores se dividem em estratégicos, táticos e operacionais, veja como fazer sua gestão neste vídeo:

Por que é importante acompanhar os indicadores de desempenho na sua empresa?

O acompanhamento dos indicadores de desempenho é indispensável para que a gestão passe a ter como base na análise de dados concretos sobre a performance da empresa.

Essas ferramentas orientam as tomadas de decisão e permitem ter maior assertividade ao definir os rumos do negócio.

Os indicadores são importantes também para que se consiga conhecer melhor a empresa, identificando seus pontos fortes, suas fragilidades e oportunidade de mudanças para potencializar o desempenho dos processos.

7 exemplos de indicadores de desempenho que valem a pena monitorar

Agora que você já sabe o que são indicadores de desempenho e deseja promover uma gestão de negócios mais qualificada, confira abaixo 7 indicadores para você monitorar o quanto antes na sua empresa.

1 – Faturamento

Considerado um dos principais indicadores de desempenho, o faturamento se refere à receita gerada de todas as vendas em um determinado período.

2 – Market share

O market share é um indicador que mensura a participação da empresa no mercado a partir da relação entre o total de vendas da empresa e do mercado.

3 – Ticket médio

Este indicador mensura quanto, em média, cada cliente gera de receita para a empresa em um determinado período de tempo. O cálculo do ticket médio é feito dividindo o faturamento das vendas pelo total de clientes.

4 – Lifetime Value

O LTV é semelhante ao ticket médio. A diferença é que ele mensura quanto o cliente gera de receita para a empresa durante todo o seu ciclo de vida.

O cálculo é feito assim:

  • LTV = ticket médio x frequência de compras x tempo média de relacionamento.

Assim, fica claro para uma empresa o valor que cada cliente tem para seu negócio ao longo de todo relacionamento que mantém com ele. Isso ajuda a entender a importância de fidelizar e reter clientes.

5 – Custo de Aquisição de Clientes (CAC)

O CAC, Custo de Aquisição de Clientes, é um ótimo indicador que mensura o desempenho dos esforços do time de marketing em atrair novos clientes.

Ele é calculado dividindo a soma de investimentos em ações de marketing pelo total de novos clientes provenientes dessas estratégias.

Quanto menor o CAC, melhor para a empresa. Aliás, é interessante manter o CAC sempre abaixo do LTV.

Afinal, se a organização gastar mais para adquirir um cliente do que ele deixa de retorno para ela, será impossível que ela se mantenha lucrativa, concorda?

6 – Retorno sobre Investimento (ROI)

O ROI é um indicador de lucratividade que mostra quanto a empresa conseguiu obter de retorno de retorno sobre determinado investimento, seja em infraestrutura, marketing, recrutamento de talentos, tecnologia, etc.

O ROI é um dos mais usados indicadores de performance da área financeira, conhecå outros, acompanhe mais este vídeo:

7 – Satisfação de clientes

Há diferentes formas de mensurar a satisfação dos clientes por meio de indicadores. Uma das mais comuns é por meio da pesquisa de Net Promoter Score (NPS).

Os clientes devem responder, de 0 a 10, o quão propensos eles estão a indicar sua empresa para algum amigo.

Subtraia a porcentagem de clientes que deram notas 9 e 10 pela porcentagem de clientes que deram notas de 0 a 6 e você chegará ao resultado NPS.

O resultado dessa conta indicará a sua Zona de Classificação No NPS:

  • Zona de Excelência: de 75 a 100;
  • Zona de Qualidade: entre 50 e 74,9;
  • Zona de Aperfeiçoamento: de 0 até 49,9;
  • Zona Crítica: de -100 até – 0,1

Procure manter essa pontuação acima de 80 para se manter no nível de excelência com certa folga.

E então, conseguimos esclarecer o que são indicadores de desempenho?

Utilize essas ferramentas na sua empresa e otimize seus esforços para alcançar seus objetivos de negócio.Este post foi escrito pela equipe da Siteware, uma empresa que une pessoas, operação e estratégia em um único software de gestão empresarial, para que as empresas melhorem seus resultados, sua comunicação e sua governança.



Comente





Posts Relacionados