Stop

Categoria: Tópicos Operacionais | 29.08.2008 | sem comentários



Essa ferramenta é de extrema importância para sobreviver no mercado de capitais. O stop seria uma região de preços pré-determinada onde o operador venderá seus ativos caso o mercado contrarie sua posição. Com o estope, além de evitar perdas bruscas no mercado, você consegue ter controle de risco da sua carteira de ativos, ferramenta muito útil para maximizar os ganhos no mercado.

No mercado financeiro o trader não ira acertar todas às vezes, no entanto o que importa é que os ganhos sejam maiores que as perdas, e isso não significa acertar mais do que errar (ler seção money management), mas sim ganhar mais do que perder considerando o custo de oportunidade de estar em um mercado de renda variável. Assim o stop tem a função de evitar grandes perdas para que você possa voltar ao mercado com chances de recuperar as operações que deram errado.

A disciplina é fundamental para operar no mercado, toda operação deve se basear em uma estratégia, e o stop é peça-chave nessa estratégia.

A ferramenta stop antes era utilizada apenas para determinar momentos de saída do mercado, porém, atualmente já é utilizado também pra momentos de entrada no mercado, e até mesmo de manutenção de operação (stop móvel).



Comente





Posts Relacionados

  • Realização de LucrosRealização de Lucros O conceito de realização de lucros é extremamente difícil de mensurar, não existe uma regra, e é de extrema importância, pois você esta nesse mercado para lucrar. Então faremos uma breve […]
  • Corretagem: InformaçõesCorretagem: Informações A corretagem é um grande mal para todos os investidores, e é uma despesa que pesa principalmente para os pequenos investidores. A corretagem é cobrada a cada operação executada, ou seja, […]
  • Princípios Básicos das Empresas Orientadas para o ValorPrincípios Básicos das Empresas Orientadas para o Valor O autor Gilbert Churchill apresenta ainda os seis princípios básicos da orientação para o valor, discutidos à seguir. Princípio do cliente Churchill (2003) sugere que o marketing para o […]
  • Trend FollowingTrend Following Para alguns investidores, só o fato de pensar que sua análise (técnica, fundamental, astrológica, bola de cristal , timing ou o que seja) possa realmente não prever o futuro na prática, […]
  • ProjetosProjetos Existe um caso da definição das operações da empresa, através de rotinas e procedimentos-padrão, que são necessários para o fornecimento contínuo de produtos e serviços, padronizados, e […]
  • Os 4 P’s de Marketing – ProdutoOs 4 P’s de Marketing – Produto Este componente do composto de marketing é responsável por definir o produto que o cliente quer. A palavra produto diz respeito não só aos produtos tangíveis (aqueles que podem ser […]