Controle das Operações

Categoria: Tópicos Operacionais | 08.09.2008 | sem comentários



Toda a informação gerada no dia-dia do mercado deve ser armazenada, pois somente assim o investidor pode avaliar o seu comportamento no mercado e a sua rentabilidade.

Informações quantitativas são fáceis de controlar, como o preço de entrada, o preço de saída e os custos operacionais. Basta colocar todos os dados em uma planilha eletrônica, e atualizar conforme as operações forem sendo realizadas. Com esta planilha o investidor consegue obter informações referentes à rentabilidade de cada operação e a rentabilidade geral da carteira.

Informações qualitativas são mais complicadas para serem processadas, mais são de muita importância para o investidor:

  • Porque entrei nesta operação?
  • Porque sai desta operação?
  • Qual foi o critério de escolha do meu stop?
  • A operação saiu conforme o planejado?

Esse tipo de informação parece boba, ou sem importância, mais o que se encontra nos livros dos maiores investidores, e que eles sempre armazenam este tipo de informação, pois este é o jeito mais fácil e entender o mercado e para o investidor conhecer a si mesmo como trader.



Comente





Posts Relacionados

  • Planilha de Controle Financeiro PessoalPlanilha de Controle Financeiro Pessoal Ministrarei um evento neste sábado (18/12/2010) falando sobre Planejamento e Orçamento Familiar para uma imobiliária de Campo Grande-MS. UPDATE (15/05/2011): Segue vídeo explicando como […]
  • DiversificaçãoDiversificação           A diversificação, no mundo dos investimentos, é como o investidor divide sua poupança nos diversos ativos financeiros e reais, como: colocar 10% de seu dinheiro na poupança, 50% […]
  • Planejamento de OperaçõesPlanejamento de Operações A área funcional de operações (conhecida também como produção) diz respeito à estruturação do sistema dentro da empresa que garante o fornecimento dos produtos e serviços definidos pela […]
  • A Bolsa é arriscada?A Bolsa é arriscada? Esta matéria foi publicada na Revista Lida de Abril de 2006 Você não imagina o risco de ter soja armazenda... No artigo anterior, foi apresentada uma visão diferente, de como acontece a […]
  • A rentabilidade na atividade rural – Parte IIA rentabilidade na atividade rural – Parte II Esta matéria foi publicada na Revista Lida em Junho de 2006 "Fazendeiro não é produtor rural, é dono de terra!" Este artigo é continuação do texto “A Rentabilidade na Atividade Rural”, […]
  • A rentabilidade na atividade ruralA rentabilidade na atividade rural Matéria publicada na Revista Lida de Maio de 2006 Entenda as implicações do capital imobilizado em seus resultados financeiros Pesquisando alguns dados no Agrianual* 2006, mais […]