A Insatisfação do Cliente



Para alguns autores, a insatisfação é apenas a ponta contrária de um contínuo onde na outra ponta estaria a satisfação. Para outros, a satisfação e a insatisfação seriam duas entidades distintas, porém bastante relacionadas. Por exemplo, Beulke (1998), na metodologia do trabalho, menciona uma escala de cinco pontos, onde o terceiro ponto separa a satisfação da insatisfação. Porém, segundo outros autores, existem fatores que são apenas mantenedores, caracterizando a insatisfação como um comportamento diverso da satisfação. Por exemplo, o fato do tecido de uma roupa nova não se rasgar não contribui nem para a satisfação, nem para a insatisfação (EVRARD, 1994). Porém, caso se rasque, o consumidor ficará insatisfeito. Por este exemplo, percebe-se que as atitudes em relação à satisfação e a insatisfação são diferentes.
Bleuel (1990) propõe a criação de uma zona de incerteza entre os conceitos de satisfação e insatisfação. Segundo este autor, diferentes atributos teriam efeitos diversos sobre a satisfação e a insatisfação. Por exemplo, a resistência do tecido pouco contribui para a satisfação, mas ajuda a evitar uma grande insatisfação. Ele menciona uma pesquisa realizada com proprietários satisfeitos e insatisfeitos de veículos, onde foram elencados, pela ordem de importância, uma série de parâmetros de julgamento para consumidores satisfeitos e insatisfeitos. Nas duas listas, apenas cortesia se repetiu, ocupando o primeiro lugar em uma das listas e o terceiro na outra. Isto significa, segundo o autor, que diferentes parâmetros são responsáveis pela satisfação e insatisfação e, além disso, possuem efeitos diversos. Logo, conclui que não existe uma relação direta entre satisfação e insatisfação.
Um outro autor a observar diferenças entre a satisfação e a insatisfação foi Oliver (1989). Ele elencou cinco estados emocionais que favorecem o aumento da satisfação: aceitação, alegria, alívio, interesse/excitação e prazer. Para a insatisfação, elencou: tolerância, tristeza, arrependimento, agitação e ultraje. Como é possível notar, os estados emocionais mencionados não são os mesmos ou os exatos contrários, para que pudessem ser caracterizadas pontas diferentes de uma mesma reta. Finalmente, Vikas et alli (1998) mostram que, para o mesmo atributo, o impacto é maior quando causa insatisfação do que quando causa satisfação. Também foram encontrados atributos que causam satisfação, mas não insatisfação, e vice-versa.



Comente





Posts Relacionados

  • Qualidade no Atendimento e Satisfação do ClienteQualidade no Atendimento e Satisfação do Cliente Qualidade no Atendimento A qualidade no atendimento vem sendo para as empresas um constante desafio, pois a cada dia buscam aprimorar e melhorar a fim de oferecer não somente produtos […]
  • Fidelização de ClientesFidelização de Clientes Fidelidade é uma estratégia e não uma tática, um gerenciamento baseado na fidelidade rende lucros e consiste também em considerar todas as relações que uma organização estabelece com o […]
  • Precificação – Como definir o preço dos seus produtos e serviçosPrecificação – Como definir o preço dos seus produtos e serviços Depois de abordado o conceito de preço, será discutido agora o processo de precificação, ou seja, o processo de formação do preço propriamente dito. O processo de precificação deve […]
  • Como se diferenciar no ramo imobilárioComo se diferenciar no ramo imobilário Já tem algum tempo que o ramo imobiliário está aquecido e para quem está entrando no ramo, é preciso saber se diferenciar para conquistar a clientela.   Para começar, é preciso […]
  • Como montar um buffet para eventosComo montar um buffet para eventos O mercado de organização de eventos tem crescido nos últimos anos e oferece grandes oportunidades para administradores e gestores. Acontece que em uma empresa de buffet para eventos, por […]
  • Processo de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D)Processo de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) Churchill (2000) coloca que "novos produtos são uma das chaves para o crescimento e sucesso de uma empresa". No entanto, não há como garantir que todo novo produto lançado por uma empresa […]