Como atender o mercado de luxo



A Havaianas há muito tempo, entendeu era que era seria preciso mudar sua abordagem para alcançar a classe A. E a sacada foi genial. O que antes era um chinelo barato “de pobre” conseguiu emplacar nas lojas grã-finas e virou sinônimo de brasilidade. Os preços do chinelo aumentaram conforme as cores, modelos e parcerias foram aumentando.

Ter um par de Havaianas hoje significa ter estilo descolado e atitude, sem abrir mão do conforto. As propagandas são sempre divertidas e mostram o brasileiro na praia, curtindo o verão, sempre. E quem mais poderia se identificar senão os jovens das classes mais altas? Daí que a Havaianas conseguiu incluir um público que jamais usaria o chinelo, pois conseguiu vender sua imagem como cool.

Exclusividade, comodidade e experiência definem o mercado de luxo. O turismo de luxo, por exemplo, podem se especializar em cruzeiros com roteiros exclusivos que proporcionem comodidade ao turista, como a KLM Royal Dutch Airlines, por exemplo, que oferece a bordo pratos criados por chefs consagrados e a SilverSea que tem cruzeiros para roteiros exóticos como Islândia, Groenlândia e Alaska.

Sites de notícia como o Prime Offer, segmentaram suas notícias para o mercado de luxo. As notícias da Bahia agora incluem opções para comprar aviões e carros importados e informações para a classe AAA.

Outro exemplo, é um sapato de plástico, a Melissa. Aproveitando a imagem positiva (quem nunca teve uma melissinha na infância?), a marca decidiu atender o seu público que cresceu, com peças de designers e estilistas famosos como Vivienne Westwood e Irmãos Campana. Não é mais um sapato de plástico, e sim um produto de desejo 9 em cada 10 blogueiras e it-girls.

O consumidor de luxo preza pela experiência, seja tomar um whisky com gelo extraído das profundezas de uma calota polar ou pela dificuldade de acesso. As marcas de carros importados nunca estiveram tão bem no Brasil, assim como marcas de roupas e acessórios femininos como Channel, Hermès e Louboutin. E as previsões são de crescimento no setor.

E você, como vai aproveitar essa oportunidade?



Comente





Posts Relacionados

  • Quanto custa para aplicar em Fundos de Investimento?Quanto custa para aplicar em Fundos de Investimento? Como citado na seção do “Capital Necessário”, existem três custos básicos para se aplicar em fundos de investimento, os chamados Custos de Transação, ou Custos Operacionais. 1 – CPMF: […]
  • MotivaçãoMotivação Mesmo considerando que o comportamento e percepção variam conforme cada indivíduo, ainda devemos estudar o princípio da motivação, as três premissas que explicam o comportamento humano e […]
  • Processo de Pesquisa de Marketing – Definir o ProjetoProcesso de Pesquisa de Marketing – Definir o Projeto A próxima etapa após a definição do problema, é definir o projeto de pesquisa, que inclui a definição de como vai ocorrer o processo de planejamento da coleta dos dados, e também como […]
  • Princípios Básicos das Empresas Orientadas para o ValorPrincípios Básicos das Empresas Orientadas para o Valor O autor Gilbert Churchill apresenta ainda os seis princípios básicos da orientação para o valor, discutidos à seguir. Princípio do cliente Churchill (2003) sugere que o marketing para o […]
  • Organizações, Sistemas e Métodos e o FluxogramaOrganizações, Sistemas e Métodos e o Fluxograma Conceito de OSM Organização, sistemas e métodos é uma área clássica da administração que lida com um conjunto de técnicas que tem como objetivo principal aperfeiçoar o funcionamento […]
  • Indicadores na Análise TécnicaIndicadores na Análise Técnica Os indicadores são modelos matemáticos que foram construídos com o intuito de auxiliar a tomada de decisão. Eles são divididos basicamente em dois tipos: os rastreadores de tendência e os […]