O melhor investimento em imóveis – Fundos de Investimento Imobiliário

Categoria: Fundos de Investimento | 15.04.2012 | sem comentários



Desde que foram regulamentados em 1993, os Fundos de Investimento Imobiliário vêm ganhando mais e mais atenção do mercado financeiro.

Para aqueles que querem se aproveitar dos retornos crescentes do segmento imobiliário, gostam da segurança (relativa) dos ativos reais, mas que não possuem o tempo ou perfil para buscar oportunidades com imóveis, ou ainda de aprender e executar o dia a dia do processo de encontrar compradores para o produto, estes fundos imobiliários aparecem como uma excelente opção.

Ainda (início de 2012) sem muitas opções nos bancos de varejo, existem empresas de gestão de investimento (Assets), que trabalham com fundos específicos, assim como empresas especializadas em investimentos imobiliários, que, em conjunto com grandes e pequenas incorporadoras espalhadas pelo Brasil, tem trazido para o mercado financeiro cada vez mais produtos de investimento, em praticamente todo o país.

Muitas pessoas que se perguntam: “Como investir em imóveis?“, principalmente aquelas que não possuem capital para financiar uma operação imobiliária, encontram nos fundos de investimento imobiliário a

Mais recentemente (regulamentadas em 2004), surgiram também as Letras de Crédito Imobiliário, que são enquadradas como investimentos de Renda Fixa, mas que ajudam a financiar, a um menor custo para as incorporadoras, dando liquidez a este mercado, e abastecendo as opções dos gestores de renda fixa.

E falando-se em liquidez, esta é uma das grandes diferenças entre os fundos de investimento imobiliário e os fundos de renda fixa, de que o prazo de resgate é pré-determinado, ou pode ocorrer caso exista um investidor querendo comprar as quotas, o que caracteriza uma menor liquidez do que os fundos de investimento tradicionais, porém, por ter este gatilho de uso do mercado financeiro ou balcão, são mais líquidos que o investimento direto em imóveis.

A fiscalização por parte da CVM (Comissão de Valores Mobiliários) ajuda a trazer transparência e segurança para o investidor, já que as transações, captação e execução são todas fiscalizadas.



Comente





Posts Relacionados

  • Quanto custa para aplicar em Fundos de Investimento?Quanto custa para aplicar em Fundos de Investimento? Como citado na seção do “Capital Necessário”, existem três custos básicos para se aplicar em fundos de investimento, os chamados Custos de Transação, ou Custos Operacionais. 1 – CPMF: […]
  • Os Fundos de InvestimentoOs Fundos de Investimento Esta matéria foi publicada no Jornal Santa Fé, edição de Janeiro de 2007. É unânime! Todos os jornais internacionais, bancos de investimentos e corretoras de valores afirmam que, ao […]
  • Quanto preciso para investir em Fundos de Investimento?Quanto preciso para investir em Fundos de Investimento? Existem fundos de investimento de todos os tipos e tamanhos, e para todos os gostos. Com R$ 30,00 você já pode investir em alguns fundos de investimento de bancos de varejo, e existem […]
  • Por que quando os juros aumentam o retorno do meu fundo cai?Por que quando os juros aumentam o retorno do meu fundo cai? Recentemente recebi uma pergunta de um leitor, e achei que a resposta simplificada, e os exemplos, pudessem servir para mais pessoas, então vamos lá: A PERGUNTA "Porque que nos FUNDOS DE […]
  • Guia rápido de Fundos de InvestimentoGuia rápido de Fundos de Investimento 1º Passo: Defina seus objetivos - Qual o objetivo me leva a guardar dinheiro? - De quanto dinheiro preciso para realizar este objetivo? - Em quanto tempo quero realizar este objetivo? Se […]
  • Cinco tendências para empresários terem mais tempoCinco tendências para empresários terem mais tempo Quem trabalha conectado globalmente, muitas vezes, em empresas multinacionais ou mesmo na gestão de um negócio de sucesso, sabe que as 24 horas de um dia são insuficientes para realizar […]