Planejamento Estratégico

Blog sobre Planejamento Estratégico Orientado a Resultados

Estratégias Genéricas de Michael Porter

UPDATE 15/05/2011: Veja o vídeo com explicação sobre o modelo de estratégias genéricas de Michael Porter:

Segundo Michael Porter (1986), as empresas geralmente possuem uma estratégia, seja ela planejada ou não. No entanto, muitas vezes o plano apresenta falhas, pois o desempenho de uma empresa no mercado é dado por diversos fatores como: social, político, econômico, setorial, entre outros.
Assim, “o desenvolvimento de uma estratégia acontece entre a firma e o ambiente a que pertence” (Porter, 1986) e “o principal influenciador de uma empresa é o setor ou indústrias em que ela compete” (Porter, 1986). A estrutura das estratégias genéricas pode ser observada na figura abaixo:

Estratégias Competitivas Genéricas

Figura 17 – Estratégias Competitivas Genéricas
Fonte: WIKIPÉDIA, 2007

O mesmo autor afirma ainda que, para enfrentar as cinco forças competitivas em uma indústria, devem-se utilizar as estratégias genéricas citadas por ele. As estratégias são: liderança no custo, diferenciação e enfoque.



Kenneth Corrêa possui graduação em Administração de Empresas pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS - 2004) e Pós-Graduação em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV - 2006). É Diretor Comercial e de Tecnologia do Grupo WTW, à frente das empresas Gestão Ativa - Soluções Web, 80 20 Marketeria Digital, e Mais Empresas que atuam nas áreas de Desenvolvimento de Sites, SEO (Otimização para buscadores), Marketing Digital e eCommerce. Foi professor do Instituto de Ensino Superior da FUNLEC (IESF) e da Universidade Anhanguera-Uniderp, ambas em Campo Grande - MS. Possui experiência na área de Administração, atuando principalmente nas seguintes áreas: planejamento estratégico, gestão de projetos, marketing e recursos humanos.




Comentários:

7 Respostas
  1. Antônio Carlos Afonso Burgos disse:

    Sou estudante de Administração e achei o site interessante. Li a matéria, “Modelo das 5 Forças, de Michael Porter” e gostei do conteúdo. Objetivo e direto. Pretendo acessar mais vezes.
    Gostaria de saber se é possível participar com publicação de pequenos textos ou resenhas referentes ao assunto em questão.

  2. Ricardo Saturnino disse:

    Mesmo método utilizado na matéria, “Modelo das 5 forças (Michael Porter)”, com simplicidade e objetividade. Nesta, destaque para explicação via video, muito bem exposto o modelo de “Estratégias Genéricas (Michael Porter)”.

    Curso MBA em Business Intelligence e os 15 minutos dedicados a leitura de algumas matérias neste site foram bem proveitosos.

    Parabéns.

    Sabe dizer de existe algum filme, documentário sobre “Gestão de Estratégica de Negócio” com base nas teorias/métodos de MIchael Porter?

  3. Ricardo, agradeço suas palavras.
    Sobre o filme, confesso que não tenho nenhuma indicação a fazer, que aborde esta visão. Gosto muito do filme “Tucker, um homem e seu sonho“, que retrata um empresário e sua empresa crescendo, mas com uma trama bacana no processo.

  4. CLAUDIO GRILLO disse:

    MINHA MONOGRAFIA DE FIM DE CURSO DE ECONOMIA NA FEDERAL DE MG TEM COMO BASE AS TEORIAS DE PORTER,É MASSA MESMO. FIZ UM ESTUDO DE CASO SOBRE UMA COOPERATIVA DE CAFEICULTORES DE MINHA REGIÃO. TIREI UMA ÓTIMA NOTA FIQUEI BEM SATISFEITO.

  5. Valéria Lima disse:

    Gostei do vídeo, pois foi bem direto nas explicações o que me ajudou em um seminário que apresentei na faculdade, estou no 6º período de adm, foi excelente, parabéns!

  6. Gerson disse:

    Muito interessante!

Deixe um comentário