O que é uma Opção?

Categoria: Opções | 01.08.2008 | sem comentários



Uma opção dá ao seu titular o direito de exercer ou não a compra ou venda de um ativo, chamado ativo objeto.

Quando um investidor compra uma call (opção de compra, é a mais utilizada no Brasil) ele está
adquirindo o direito de comprar o ativo objeto na data determinada (chamada de data de vencimento), a um preço já anteriormente especificada (preço de exercício).

Vamos agora explicar cada variável citada acima relacionada ao mercado de ações:

Ativo objeto: O ativo objeto é a ação que o investidor deseja comprar, a um preço e prazo já definidos pela opção de compra que ele negocia.

Data de Vencimento: Toda opção vence, a data de vencimento é o momento em que os investidores exercem a sua opção, realizando a venda ao preço determinado.

Preço de exercício: É o preço futuro em que o contrato será negociado.

Exemplo:

Um investidor compra 300 opções da ação TNLP4 (ativo objeto) a R$ 1,00, com vencimento para o dia 12 de dezembro e com o preço de exercício de R$ 42,00. Este investidor está comprando o direito de comprar a ação TNLP4 no dia 12 de dezembro ao preço de R$ 42,00.

O código da opção é formado da seguinte maneira:

 

  

  

Código

Identificação

Descrição

TNLP J38

TNLP PN 38,00

Opção de Compra
americana sobre Telemar PN com vcto. em outubro (letra J) e preço
de exercício igual a R$ 38,00

PLIM X16

PLIME PN 1,60

Opção de Venda
européia sobre Globo Cabo PN com vcto. em dezembro (letra
X) e preço de exercício igual a R$ 1,60

Tabela do código alfabético para diferenciação de opções de compra e de venda e mês de vencimento:

  

 

 

  

  

Compra

Venda

MÊS DE VENCIMENTO

A

M

Janeiro

B

N

Fevereiro

C

O

Março

D

P

Abril

E

Q

Maio

F

R

Junho

G

S

Julho

H

T

Agosto

I

U

Setembro

J

V

Outubro

k

W

Novembro

L

X

Dezembro

 

 

 

 

Participantes no mercado de opções

  • Especuladores: Grande parte das negociações de opções são realizadas pelos especuladores, que procuram, com um baixo investimento (se comparado com as ações), comprar e vender os papéis, buscando ganhar na valorização ou desvalorização do preço.

  • Bancos e Fundos de Pensão: estes investidores de grandes capitais precisam fazer hedge, ou trava de preço, e acabam fazendo grandes compras ou grandes vendas, mexendo o mercado.



Comente





Posts Relacionados

  • Conceito de ProjetoConceito de Projeto Projeto O projeto, sinteticamente falando, é composto de três restrições: tempo, custo e qualidade. Conforme Maximiano (2002, p.26), a definição de projeto é “um empreendimento […]
  • Definição de Pesquisa de Clima OrganizacionalDefinição de Pesquisa de Clima Organizacional Agora que discutimos todo o histórico, definição do conceito e alguns dos elementos que podem influenciar o clima organizacional, estamos aptos a falar do tópico central deste […]
  • Conceito de MarketingConceito de Marketing Iremos começar este módulo introdutório com a definição (ou as várias definições) do conceito de marketing, para que possamos embasar o restante do material. O conceito de marketing é […]
  • Definição de Clima OrganizacionalDefinição de Clima Organizacional Assim como o clima compreende os diversos fenômenos climáticos que ocorrem na atmosfera da terra (Wikipédia, 2007), o clima organizacional compreende os fenômenos subjetivos e objetivos […]
  • Investimento em Opções no BrasilInvestimento em Opções no Brasil No Brasil temos duas questões importantes a serem abordadas, quanto ao investimento em opções: 1 – Liquidez: não existe ainda liquidez em muitas opções no país. Você pode com facilidade […]
  • Quais são os riscos de se investir em opções?Quais são os riscos de se investir em opções? Como foi comentado no tópico “Introdução” das Opções, mais retorno implica em mais risco, e embora as opções tenham sido criadas como uma ferramenta de proteção (hedge), pode ser usada […]