Investimentos

Blog sobre Investimentos e Mercado Financeiro

Dicas para passar um final de ano no azul

Matéria publicada no Jornal Correio do Estado na edição especial de Dezembro de 2007.


Por que de vermelho já basta o Papai Noel

Final do ano chegando, 13º depositado na conta, adicional de férias, bônus, e em alguns casos até o fantasioso 14º salário ou plano de participação nos resultados da empresa. Nada como um final de ano para vermos o saldo da conta corrente com 3, 4 e até 5 dígitos. No dia-a-dia durante o ano, estamos sempre no limite, gastando tudo que se recebe, e de vez em quando tendo até que apelar para o cartão de crédito, ou então um empréstimo rápido. Pelo menos agora parece que vai sobrar algum dinheiro.
Natal, Ano Novo, festa, viagem, reforma na casa, matrículas, o IPTU e o IPVA. Ao mesmo tempo em que surge uma série de receitas, aparecem também mais despesas do que estamos acostumados. Se não desaparece tudo apenas nos presentes para os parentes, e naquela ceia de natal caprichada, mais um motivo para que se faça uma viagem, ou compre artigos de luxo com os quais não estamos acostumados.
Qualquer semelhança com fatos reais não é mera coincidência. A maior parte dos brasileiros costuma gastar todo mês um montante equivalente a seus rendimentos. E isso vale para quem ganha 3, 6 ou 20 salários mínimos. Mesmo que durante o ano sejamos capazes de viver com uma quantia fixa, assim que essa quantia aumenta, automaticamente nossos gastos também aumentam.
Mesmo com algumas despesas das citadas acima, onde alguns enxergam todos estes gastos como estritamente necessários, pode ser um excelente passo para começar a poupar. O controle das despesas é muito mais fácil do que se pensa, e com algumas dicas simples, veja como você pode começar a economizar hoje:

•    O primeiro passo é fazer um controle financeiro pessoal, colocando no papel o que você ganha e gasta. Ao final de um mês anotando todos estes gastos (seja num software de controle financeiro pessoal, numa planilha do excel, e até mesmo num caderninho preto), você ficará surpreso com o quanto tem sido gasto com artigos fúteis, e muitas vezes despesas desnecessárias;
•    Faça uma lista de todos que você precisa presentear, inclua o amigo secreto da empresa, da igreja e até o da família. Com a lista em mãos, defina um valor máximo para cada presente, calcule o total que irá gastar (mais um susto!), e vá às compras com a lista em mãos;
•    No final do ano, todos estão querendo comprar, isto permite não só que as lojas aumentem seus preços, mas que também você perca seu poder de negociação. Se puder, procure adiar as compras para o período logo após o natal, onde os descontos são ainda muito maiores;
•    Para os lojistas, o cartão de débito tem um custo de no mínimo 5% da mercadoria. Se você trabalhar com cheque, você pode conseguir esses 5% como desconto no preço final da mercadoria;
•    Se seu emprego permitir e a escola das crianças também, e você quer viajar, procure viajar nos períodos de baixa temporada, assim você poderá economizar nas passagens, estadia e alimentação;
•    E a dica mais importante é a de não contrair dívidas, incluindo cartão de crédito, empréstimos rápidos e principalmente o cheque especial. O custo destes empréstimos é maior que o rendimento das melhores aplicações, então, se tiver algo guardado, é melhor saldar as dívidas, para não gastar tudo com juros.

Com essas dicas em mente, procure colocar pelo menos duas ou três em prática, você vai ver como pode aproveitar melhor seu salário e as receitas adicionais de final de ano, mas é importante lembrar que o planejamento e a organização não servem de nada, se você não estiver investindo pelo menos parte do que sobrar num fundo de investimento.


Categoria: Educação Financeira | 17.setembro.2008 | sem comentários | Comentar


Kenneth Corrêa possui graduação em Administração de Empresas pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS - 2004) e Pós-Graduação em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV - 2006). É Diretor Comercial e de Tecnologia do Grupo WTW, à frente das empresas Gestão Ativa - Soluções Web, 80 20 Marketeria Digital, e Mais Empresas que atuam nas áreas de Desenvolvimento de Sites, SEO (Otimização para buscadores), Marketing Digital e eCommerce. Foi professor do Instituto de Ensino Superior da FUNLEC (IESF) e da Universidade Anhanguera-Uniderp, ambas em Campo Grande - MS. Possui experiência na área de Administração, atuando principalmente nas seguintes áreas: planejamento estratégico, gestão de projetos, marketing e recursos humanos.



Deixe um comentário