Pesquisa de Clima Organizacional

Blog sobre Pesquisa de Clima Organizacional

Dicas sobre Trabalho em Equipe

Separamos agora, para finalizar nosso guia, as principais dicas sobre Trabalho em Equipe, para quem quer ter sucesso com a gestão de equipes:

TAMANHO NÃO É DOCUMENTO

Ao fixar o número de membros da equipe, lembre-se: se for enxuta, terá mais chance de ser bem sucedida. Assim, pode-se considerar um engano inflar a equipe com pretexto de que mais gente mobilizada se traduz por maior influência política nas decisões. É difícil lidar com uma equipe de 20, 30 ou 40 pessoas.

COMBINE COMPETÊNCIAS

Um time só pode funcionar eficazmente se cada posição estiver bem definida. É preciso, para isso, contar com especialistas de diferentes áreas. É indispensável que as pessoas exercitem suas habilidades de relacionamento: saber ouvir, conceder ao companheiro o benefício da dívida, reconhecer méritos alheios, etc.

DEDIQUE TEMPO PARA ATINGIR OS OBJETIVOS

Escalada a equipe, a primeira coisa a fazer é explorar, discutir e moldar uma proposta que seria desafiadora e inspiradora, a ponto de manter motivado cada um dos membros durante o desenvolvimento do projeto. Sua tarefa é conseguir traduzir nessa proposta as necessidades e demandas da empresa. Em geral, uma proposta é resultado de orientação hierárquica superior, nem sempre feita com precisão. Por isso, leva-se tempo para elaborar a proposta. Atenção: esse tempo consumido deve ser considerado não como desperdiçado e sim como investimento fundamental.

SUBDIVIDA A PROPOSTA EM OBJETIVOS MENORES

É vantajoso partilhar a proposta em metas específicas de menor porte. Fica mais fácil focar e perseguir cada passo. Também será possível melhor avaliar o desempenho da equipe e identificar obstáculos a serem removidos. Um projeto não é uma estrada sem paradas. Cada meta alcançada no percurso deve ser devidamente comemorada.

DEFINA METAS ESPECÍFICAS

Sem metas, o grupo arrisca-se a desperdiçar tempo com discussões ambíguas e pouco produtivas, a perder-se em situações que o afastarão de seu principal objetivo.

FAÇA O ACOMPANHAMENTO DA EXECUÇÃO DAS METAS

De tempos em tempos, a equipe deve se certificar de que não perdeu de vista o conjunto da proposta. Sugere-se que a primeira checagem, para averiguar se o grupo continua comprometido com a proposta, deve ser feito em duas semanas, depois de iniciado o processo de trabalho (ou em data que a equipe julgar mais oportuna, contanto que seja definida previamente).

DEFINA AS REGRAS

Tão importante quanto detalhar o conteúdo e a forma da proposta é investir tempo para definir as regras do jogo. Dedicar pouco tempo ou renegar essa avaliação ao segundo plano e se dispersar com as atividades secundárias pode significar sério risco de perda de foco:
– Quanto tempo cada um vai dedicar ao projeto?
– Qual a periodicidade e os horários de reuniões?
– Como será feita a comunicação entre os membros da equipe?

ABERTURA ÀS IDÉIAS DE TODOS OS COMPONENTES DA EQUIPE

Cada membro da equipe, independente da posição na empresa, deve ter o direito e o dever de se manifestar. Deve prevalecer no grupo hierarquia de idéias, não hierarquia funcional. O líder deve ter bom senso para não confundir coordenação de trabalho com imposição de tarefas. Tudo que se refere ao engajamento da equipe deve ser acordado nessa etapa: os limites das responsabilidades individuais e os prazos críticos para a conclusão da tarefa.


Categoria: Gestão de Equipes | 16.outubro.2014 | 1 comentário | Comente Também


Kenneth Corrêa possui graduação em Administração de Empresas pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS - 2004) e Pós-Graduação em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV - 2006). É Diretor Comercial e de Tecnologia do Grupo WTW, à frente das empresas Gestão Ativa - Soluções Web, 80 20 Marketeria Digital, e Mais Empresas que atuam nas áreas de Desenvolvimento de Sites, SEO (Otimização para buscadores), Marketing Digital e eCommerce. Foi professor do Instituto de Ensino Superior da FUNLEC (IESF) e da Universidade Anhanguera-Uniderp, ambas em Campo Grande - MS. Possui experiência na área de Administração, atuando principalmente nas seguintes áreas: planejamento estratégico, gestão de projetos, marketing e recursos humanos.




Comentários:

Uma Resposta
  1. Elias Panzo disse:

    Valeu-me muito o “Modelo de questionário de pesquisas de Clima Organizacional para Pequenas e Médias Empresas” gostaria de ter mais material a respeito.

Deixe um comentário